Jump to content
Sign in to follow this  
Nattan Felipe

Google Stadia: cinco polêmicas da plataforma de jogos após lançamento

Recommended Posts

O Stadia, serviço do Google para streaming de jogos, foi lançado em 19 de novembro nos Estados Unidos e em outros territórios limitados, mas já gerou algumas polêmicas. Originalmente, ele promete transmitir games via Internet, sem a necessidade de um console ou de computador potente – apenas boa conexão com a rede e um aparelho compatível, como TV ou celular. Porém, problemas de atraso, poucos jogos e outros detalhes atrapalharam um pouco o lançamento da plataforma no mercado.

Relatos foram publicados no Twitter e em outras redes sociais, inclusive por veículos internacionais que analisaram o Stadia antes de seu lançamento, indicando, principalmente, os atrasos de conexão. Apesar de ser novo, o streaming já chega com certa desconfiança ao mercado, e algumas polêmicas acumuladas. Veja, nas linhas a seguir, os destaques mais controversos do Google Stadia.

Stadia promete rodar em diversos dispositivos diferentes, como PCs, TVs, Smartphones e Tablets — Foto: Divulgação/Google

Stadia promete rodar em diversos dispositivos diferentes, como PCs, TVs, Smartphones e Tablets — Foto: Divulgação/Google

 

1. Quando virão os acessórios?

O Google Stadia foi anunciado com bastante destaque não só para seu serviço de streaming, mas também para os acessórios oficiais que seriam produzidos pela empresa. O grande problema é que tais acessórios não ficaram prontos para o lançamento, o que gerou enorme estranheza. O grande destaque fica por conta do Stadia Controller, o joystick oficial do streaming, que ainda está sem data para chegar. Atualmente, é possível jogar com qualquer controle Bluetooth, mas o atraso é, no mínimo, um pouco bizarro.

Controle do Stadia ainda não saiu — Foto: Divulgação/Google

 

2. Cadê o Stadia?

O Stadia está disponível em, pelo menos, 14 países neste momento inicial: Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Bélgica, França, Finlândia, Itália, Holanda, Noruega, Espanha, Suécia, Alemanha, Irlanda e Dinamarca. Apesar de ser um número grande de países, algumas ausências são quase inexplicáveis. O Japão, por exemplo, que tem um enorme mercado de games e boa conexão com a Internet, ficou de fora. No Brasil, o serviço só chega de 2020 em diante, o que também gerou algumas reclamações – principalmente porque o Stadia tem bloqueio de região.

Stadia tem várias produtoras, mas só está em alguns países — Foto: Divulgação/Google

Stadia tem várias produtoras, mas só está em alguns países — Foto: Divulgação/Google

3. Poucos jogos

O Google Stadia seria lançado no mercado com menos de 15 jogos. Isso havia sido decidido há meses e assim ficaria, se não fossem reclamações de fãs. Perto do lançamento, o serviço anunciou que incrementaria o número, totalizando 22 títulos. O catálogo inclui alguns sucessos, como Final Fantasy 15 e Assassin’s Creed Odyssey.

Assasin's Creed Odyssey é um dos jogos do Stadia — Foto: Divulgação/Google

Assasin's Creed Odyssey é um dos jogos do Stadia — Foto: Divulgação/Google

4. Alto uso de dados

Chegamos a um ponto bem nebuloso do Google Stadia. Como ele exige Internet constante para funcionar, o consumo de dados pode ser alto. Isso gera problemas em locais onde a rede é controlada com base em dados limitados ou onde ela não é tão rápida. De acordo com o site Venture Beat, o serviço avisa que pode consumir entre 4,5 Gb e 20 Gb por hora, dependendo da qualidade visual do game. Red Dead Redemption 2, por exemplo, com resolução 1080p e suavidade a 60 quadros por segundo, consumiu 1,55 Gb em 13 minutos, nos testes do site. São números complicados para quem não tem estrutura de qualidade para conexão online

Red Dead Redemption 2 é um dos jogos que consomem mais no Stadia — Foto: Divulgação/Rockstar
 

Red Dead Redemption 2 é um dos jogos que consomem mais no Stadia — Foto: Divulgação/Rockstar

5. Conexão

Como citamos mais acima, a conexão pode ser um problema para o Stadia mesmo em locais onde a Internet tem alta qualidade. No teste do The Washington Post, o serviço apresentou atrasos em um jogo de tiro. O jornalista que realizou o teste alegou que a Internet lá era de altíssima qualidade e, mesmo assim, o Stadia não teve uma performance sem defeitos.

Google Stadia requer ainda muita conexão — Foto: Divulgação/Google

Google Stadia requer ainda muita conexão — Foto: Divulgação/Google

Para o futuro, o Google tem como objetivo vencer estes desafios e aprimorar seu lançamento, principalmente visando mercados onde a conexão não é tão boa ou de grande acesso, como é o caso do Brasil.

image.jpeg

image.jpeg

image.jpeg

image.jpeg

image.jpeg

image.jpeg

  • Like 1

Possui alguma dúvida em relação à configurações comuns de servidores de Lineage II? Consulte nossa área de Principais Dúvidas Resolvidas.

 

Atenção: Eu não dou suporte por MP, nem por nenhum meio de contato fora do L2J Brasil. Caso insista, será bloqueado e excluído.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  



     



×
×
  • Create New...