Jump to content
Sign in to follow this  
Nattan Felipe

O que é Fortnite?

Recommended Posts

Misturando elementos lúdicos e outros já conhecidos no mundo dos games, jogo lançado em 2017 ganha apelo entre jovens e lidera transmissões ao vivo.

Depois de um ano da primeira versão, game tem registro de 125 milhões de jogadores

Para quem olha apenas para os números de “Fortnite”, é difícil acreditar que o jogo tem dois anos de vida. O título é um dos mais populares da atualidade e chama atenção não só pela capacidade de manter jogadores ativos por horas, mas também pelo seu poder social.

Considerando que a versão do jogo que realmente viralizou, chamada “Fortnite Battle Royale”, foi lançada em setembro de 2017, sua história é ainda mais recente e seu sucesso ainda mais espantoso. De acordo com a empresa responsável pelo título, a americana Epic Games (conhecida por jogos como “Unreal”, “Gears of Wars” e “Infinity Blade”), em junho de 2018 já havia registro de 125 milhões de pessoas no jogo. Antes, em janeiro do mesmo ano, eram “apenas” 40 milhões.

Fenômeno cultural
O jogo, disponível para computador (PC e Mac), celular (iOS e Android) e videogames (Microsoft Xbox, Sony PS4 e Nintendo Switch), já era uma febre entre crianças e adolescentes, mas desde março ele se tornou um “fenômeno cultural”, como afirmou Jenna Stoeber, do site especializado em games Polygon, à revista The New Yorker.

Isso porque naquele mês, o jogo recebeu uma partida unindo celebridades de altíssima relevância nas redes sociais, embora de origens bem diferentes. De um lado, o gamer americano Tyler Blevins (conhecido como “Ninja”), famoso pelas transmissões que faz ao vivo de si jogando em plataformas como Youtube e Twitch – onde é acompanhado por mais de 9 milhões de pessoas. Do outro, o cantor canadense Drake.

playing fort nite with @ninja  https://t.co/OSFbgcfzaZ

— Drizzy (@Drake) 15 de março de 2018
A transmissão, que também envolveu o rapper americano Travis Scott, bateu recorde no Twitch, tornando-se a de maior público simultâneo para uma partida fora de campeonato. Foram 635 mil espectadores, desbancando o público de 338 mil do recordista anterior.

Não por acaso, desde então, Fortnite se tornou o jogo em que as pessoas passam mais horas assistindo a partidas de outros jogadores não profissionais, tanto pelo Twitch quanto pelo Youtube. Só em junho no Twitch, segundo a empresa de pesquisas de mercado Newzoo, foram 125 milhões de horas de partidas assistidas, o que deixou bem para trás o mais popular jogo competitivo da atualidade, League of Legends, com quase 88 milhões de horas de partidas profissionais e amadoras juntas.

O que há em Fortnite
Ao longo do último ano, especialistas e comentaristas de sites dedicados a games têm se dedicado à tentativa de entender o que fez e faz de Fortnite um sucesso na indústria de jogos eletrônicos. Abaixo, uma relação das principais razões apontadas.

 

É um jogo ‘família’
Dentre os jogos mais populares encontrados no mercado atualmente, títulos como Counter-Strike, Rainbow Six e GTA 5 se destacam, em maior ou menor grau, pelos gráficos realistas. Os personagens levam tiros que atravessam seus corpos, há sangue e morte. Tudo é muito gráfico, o que pode fazer com que pais se incomodem em dar a seus filhos livre acesso ao jogo.

Em Fortnite, embora seja um jogo violento, da maneira como o jogo foi desenhado a chance de isso acontecer é menor. Como nota o jornalista Brian Feldman, da New York Magazine, no jogo ninguém morre. Ainda que os personagens usem armas, granadas e preparem armadilhas para seus inimigos, os personagens apenas são “eliminados”. “Não existe sangue. A estética em geral é como se você estivesse jogando um game baseado em um filtro do Snapchat”, disse Feldman.

Pelo seu caráter mais lúdico, Fortnite se tornou popular entre jovens mas, sobretudo, crianças.

E também familiar
Quando foi lançado, em julho de 2017, sob o título Fortnite: Save The World, o jogo era pago e consistia em colocar os jogadores para lutar, sozinhos ou em equipes, contra monstros roxos que haviam invadido o mundo.

Na época, o jogo foi comparado a outros já velhos conhecidos como Team Fortress 2, pela estética similar a de um desenho animado infantojuvenil, e Minecraft – uma inspiração confessa dos desenvolvedores –, em razão da liberdade dada a jogadores para construírem edificações durante as partidas.

Em setembro do mesmo ano, apenas dois meses depois do título original, a Epic Games lança uma nova versão de Fortnite, essa chamada de “Battle Royale”. Nesta, o modo de jogo era totalmente diferente: jogadores se lançam em partidas online com 100 pessoas simultaneamente sobre um pequeno território, com o objetivo de se equipar com os itens que encontrar pela frente e eliminar os rivais até restar sozinho com vida no final.

O estilo, que lembra a proposta vista em “Jogos Vorazes” (lançado como livro em 2008 antes de virar filme em 2012), estava em alta no mundo dos games em razão do lançamento ainda fresco, em março de 2017, do jogo Playerunknown’s Battlegrounds (também conhecido por “PUGB”).

As semelhanças entre os jogos renderam comparações e até um processo por violação de direitos autorais da desenvolvedora de “PUGB” contra a Epic Games.

Com roupas engraçadas e dancinhas, jogo atrai público jovem

FOTO: REPRODUÇÃO/EPIC GAMES

COM ROUPAS ENGRAÇADAS E DANCINHAS, JOGO ATRAI PÚBLICO JOVEM


Não há barreira de entrada
Diferentemente da edição “Save the World” (ou “Retome o Mundo”, em português), “Fortnite Battle Royale” é totalmente gratuito.

Os US$ 300 milhões mensais que o jogo gera para a Epic Games vêm da venda de itens internos do jogo classificados como “cosméticos”. Isso porque são objetos que ajudam os jogadores a personalizar seus personagens (como roupas, grafites e movimentos), mas não dão nenhum tipo de vantagem competitiva de um jogador sobre outro.

É multiplataforma
Fortnite já veio ao mundo com a vantagem de ser multiplataforma, o que significa que não existe nenhuma barreira dentro do jogo que impeça que pessoas jogando por meio de um console como o Xbox One não dispute partidas com amigos que estejam usando celulares ou computadores, por exemplo.

Dessa forma, o jogador que passou horas imerso em Fortnite em sua casa pode continuar jogando, trocando itens, assistindo a partidas ou se relacionando com amigos pelo celular.

A exceção a essa regra veio através da Sony, que foi criticada por impedir o contato entre jogadores do seu PlayStation 4 com os de outras plataformas, como Xbox One e Nintendo Switch.

É social, divertido e bem humorado
Quem testemunhou a vitória da França sobre a Croácia na final da Copa do Mundo 2018, pode ter ficado sem entender direito a comemoração do atacante Griezmann, da seleção campeã. Depois de marcar gol em cobrança de pênalti, o jogador se aproximou dos fotógrafos, colocou a mão na testa em forma de “L” e fez uma dancinha inusitada. Trata-se de uma referência a Fortnite.

A dança descontraída é uma das várias permitidas aos personagens, que podem executá-las a qualquer momento durante o jogo, da mesma forma como fez “Ninja” durante sua partida com Drake:


Além das danças, há uma grande diversidade de roupas engraçadas, como fantasias de dinossauro ou astronautas, lembra o jornalista de tecnologia e games do jornal The Guardian, Keith Stuart.

“Espertamente, o desenvolvedor adiciona novos itens, recursos e modos de jogo num ritmo semanal, então há sempre uma nova razão para voltar e jogar mais, e os fãs adoram mostrar que possuem o equipamento mais recente”, escreveu Stuart. 

A soma desses elementos à liberdade dada aos jogadores para jogadas e construções criativas fazem de Fortnite um produto de entretenimento altamente consumível em plataformas como Twitch e Youtube.

“É apenas divertido, cara”, explicou Lil Yachty, outro rapper famoso fã de Fortnite” à New York Magazine em junho. “É como uma música grudenta, ele apenas soa bem.”

 

Créditos tópico: nexojornal conforme informações abaixo! 

Link para matéria: https://www.nexojornal.com.br/expresso/2018/07/17/O-que-é-‘Fortnite’.-E-o-que-ajuda-a-explicar-o-seu-sucesso
© 2020 | Todos os direitos deste material são reservados ao NEXO JORNAL LTDA., conforme a Lei nº 9.610/98. A sua publicação, redistribuição, transmissão e reescrita sem autorização prévia é proibida.

 


Possui alguma dúvida em relação à configurações comuns de servidores de Lineage II? Consulte nossa área de Principais Dúvidas Resolvidas.

Você sabia que a L2JBrasil tem uma empresa de Hosting Oficial?
Conheça a L2JCenter.com

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Proteja seu servidor de ataques DDoS massivos!

VPS EPIC

Também conhecido como um FPS muito divertido e legal, mas, graças ao seu sistema de construção, onde não tem delay para fazer, você pode spamar parece que nem um retardado e você só morre se quiser. depois que o inimigo  gasta todo o pente na sua parede, vc  vai la, tenta matar ele, e ele sobe parede também. Divertidissimo essa parte. Se tivesse algum esquema de delay pra isso, seria um jogo incrível ! 

  • LOL 1

www.l2jservidores.com.br

Interlude / Freya / High Five

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Elesis disse:

Também conhecido como um FPS muito divertido e legal, mas, graças ao seu sistema de construção, onde não tem delay para fazer, você pode spamar parece que nem um retardado e você só morre se quiser. depois que o inimigo  gasta todo o pente na sua parede, vc  vai la, tenta matar ele, e ele sobe parede também. Divertidissimo essa parte. Se tivesse algum esquema de delay pra isso, seria um jogo incrível ! 

Então, eu tava vendo meu irmão jogar aqui. Eu achei bacana esse sistema, mas acho que eles constroem muito rápido!

 


Possui alguma dúvida em relação à configurações comuns de servidores de Lineage II? Consulte nossa área de Principais Dúvidas Resolvidas.

Você sabia que a L2JBrasil tem uma empresa de Hosting Oficial?
Conheça a L2JCenter.com

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
24 minutos atrás, Nattan Felipe disse:

Então, eu tava vendo meu irmão jogar aqui. Eu achei bacana esse sistema, mas acho que eles constroem muito rápido!

 

Este é o problema, tipo, é muito da hora ver quem tem mais dedo construindo que nem um doente, sacas? Isso se não houvesse macro... Mas, aquela galera que constrói no dedo são insano, o problema, é que pra um jogo de tiro, isso se torna relativamente frustrante, se 2 pessoas que realmente SABEM jogar, sobrar no jogo, elas n se matam nunca, só se acabar o material. Já vi partida que deu praticamente um empate, a zona diminuiu tanto que fechou os 2 porém um tinha mais  vida que o o outro e sobreviveu, de tanto que os cara constroem D: 

Na moral, eu gostaria que tivesse algum delay ou algo do gênero. mas eu adoro o jogo.


www.l2jservidores.com.br

Interlude / Freya / High Five

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.
Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
Sign in to follow this  



     



  • Recently Browsing

    No registered users viewing this page.

  • Posts

    • Mano mais é assim mesmo, vc define a quantidade de item que cada um vai receber, tanto faz perder ou ganhar: ArenaLostRewardCount = 1 (Recompensa para arena que perder) ArenaWinRewardCount = 1(Recompensa para arena que ganhar) é sem logica tirar um item que nem mesmo ele tem, e pra entrar no evento teria que ter o item pra poder ser perdido, entendeu a coisa). No mod adicionado é a mesma função tanto para quem ganha como quem perde.
    • não vou adicionar mods nessa pack amigo, ela não é minha, mas eu já postei o código pra adicionar esse mod. só vo resolve problema de bug e nao de mods
    • falta só você adc o mod Skin nele pra fica mais show ainda
    • é só 2x2? ou 4x4 tbm?
    • Christian, no Tournament tá rolando um erro... Exemplo na configuração: # (2x2) quantidade premios para os vencedores ArenaWinRewardCount = 1 # (2x2) quantidade que sera retirada para os que perderem ArenaLostRewardCount = 1 Era pra equipe perdedora perder 1 item, só que ela também está ganhando 1, mesmo perdendo. Tive que deixar 0 ali para que a equipe que perdesse não ganhasse também. Só que assim é foda pq os kras podem fazer esquema de cada hora um vence, e se perder o item quando perder a partida então não tem como. Só não sei como seria o registro inicial, se o npc obrigaria o player a ter o item para fazer o cadastro já que ele vai perder o mesmo caso perca a luta.    
    • Algum moderador coloca os links novos no lugar dos antigos. Source v5 ( ja implementado a correção do dagger e problema no gameserve quando loga por causa do java 11) Pack v6 ( correção do dagger, não tava tirando dano no backtab entre outras skills, só tirava dano quando pegava o lethal e erro ao logar no gameserver por causa do java 11) Patch Limpo (system+systerures) Mysql 5.5 Caso não consiga fazer,por conta do erro. JDK 8 64 BITS Correção das  skills do dagger que tinha bug,para quem já editou e adicionou outros mods, para não recomeçar do zero. Procure a Class Blow.java e coloque todo o codigo Abaixo! Galera,  é a mesma correção da v4,  a unica coisa que foi corrigido ai, foi o erro quando tenta logar no game server causado por causa do java 11, pra quem usa faz tempo essa pack só pega as correções, não ha necessidade de fazer download, somente da class Blow.java
    • não sei se ainda é válido a pergunta, visto que ninguém respondeu kk.. mais testei tá funcionando!
    • Galera,estão no tópico errado, ja falei varias vezes, se tem duvidas, tem que criar um tópico em duvidas
    • alguem conseguiu arrumar o respawn dos fakes quando eles morren   FakeSpawnLocation1 = 148989, -168447, 2008 FakeSpawnLocation2 = 147208, -171816, 2248 nao da respawn eles bugão e nao volta
    • \gameserver\config\Fakeplayers  #---------------------------------------------------# #                    FakePlayers                        # #---------------------------------------------------# #use //controlfake to take control and //releasecontrol to release fakeplayer ControlFakeOn = True FakePlayerTargetRealPlayer = True         <------------------------------------TRUE ---------------------------------> #When dead, fake player will rebuff and return to farm zone?  #Depois de morrer, o fake player retornará para zona de farm? #CAUTION: when set true, fake players can get stuck in geodata null points #CUIDADO: quando true, os fake players podem ficar presos em zonas nulas de geodata FakePlayerReturnFarmzone = False #if yes, where is the positionw? #se sim, qual a posição? FakeSpawnLocation1 = 148989, -168447, 2008 FakeSpawnLocation2 = 147208, -171816, 2248 FakePlayerTitle = By Rouxy    depois de ter colocado o true lá da o reload na config em game que eles vao te ataca e se atacar também !
×
×
  • Create New...